O que é a anovulação e um ciclo anovulatório?

Dr Sarah Johnson

Versão em Inglês revista por Dr Sarah Johnson em Abr 01, 2020

Só pode engravidar alguns dias em cada ciclo menstrual. Estes dias são conhecidos como a sua janela fértil e são os dias que antecedem e incluem o dia da ovulação, que é quando um óvulo é libertado do ovário. No entanto, pode ter alguns ciclos em que um óvulo não é libertado. Isso é conhecido como anovulação e afeta frequentemente raparigas que começaram a ter a menstruação ou mulheres que se estão a aproximar da menopausa. Também é possível que mulheres saudáveis tenham ocasionalmente um ciclo em que não ovulam. 

Então, o que é a anovulação e o que faz com que não liberte um óvulo? Que sintomas tem quando não ovula? E o que pode fazer quanto a isso? Se já se colocou estas perguntas, continue a ler para saber tudo sobre a anovulação. 

1.
O que é a ovulação?

A ovulação ocorre quando um dos seus ovários liberta um óvulo. Está mais fértil nos dias que antecedem e no próprio dia da ovulação. Esta janela dura cerca de 6 dias e é mais provável que engravide durante este período se tiver relações sexuais sem proteção.

2.
O que é a anovulação?

A anovulação é quando um óvulo não é libertado do ovário durante um ciclo menstrual. Não é invulgar que isto ocorra ocasionalmente e pode ter um ciclo anovulatório um mês e, em seguida, ovular normalmente no mês seguinte. 

Pode ter um ciclo anovulatório sem saber, uma vez que é possível que tenha a sua menstruação como normal. Pode não saber que não está a ovular, a menos que as suas menstruações sejam interrompidas se estiver a usar um teste de ovulação e não observar a libertação de LH. As menstruações irregulares também podem ser um sinal de que pode não estar a ovular. 

A anovulação pode ser crónica, o que significa que uma mulher não ovula na maior parte dos respetivos ciclos. 

3.
Por que motivo não ovulei?

A anovulação é comum em determinadas etapas da vida reprodutiva de uma mulher: 

  • Raparigas que começaram recentemente a ter a menstruação. No primeiro ano depois de terem começado a ter a menstruação, não é invulgar as raparigas terem ciclos anovulatórios. 
  • Mulheres perto da menopausa. As mulheres com idades entre 40 e 50 anos têm uma maior probabilidade de sofrer uma mudança nas hormonas, o que pode levar à anovulação mais regularmente.1 1

É possível ter ciclos anovulatórios enquanto é fértil e há muitas razões para isso. Seguem-se algumas potenciais causas.  Se considerar que pode estar a ter ciclos anovulatórios, consulte o seu médico.

  • Síndrome do ovário poliquístico (SOP). Refere-se a uma condição em que um desequilíbrio hormonal causou pequenos cistos ou folículos subdesenvolvidos que contêm óvulos nos ovários. Também pode causar menstruações irregulares, excesso de pelos no corpo, pele oleosa, aumento de peso, depressão e infertilidade. Algumas mulheres podem ter SOP sem apresentar estes sintomas e podem não saber que têm este problema até tentarem engravidar. Se estiver preocupada ou suspeitar que tem SOP, fale com o seu médico. Se tiver sido diagnosticada com SOP, testes de ovulação ou monitores de fertilidade podem ter resultados erróneos, pelo que é aconselhável que não os utilize. As mulheres com SOP podem ter elevados níveis de LH ao longo de todo o ciclo, o que pode resultar numa libertação de LH (pico de fertilidade), mesmo que não seja este o caso.     
  • Peso a menos ou a mais. Peso a menos ou a mais também pode impedir a ovulação. Atingir um peso saudável pode ajudar a sua fertilidade e reduzir o risco de distúrbios da ovulação.
  • Excesso de exercício. Demasiado exercício por um período prolongado, como corrida de longa distância, também pode impedir a ovulação. Reduzir a intensidade e o volume do exercício pode ajudar a voltar ao normal. 
  • Stress e ansiedade. É aconselhável falar com o seu médico se considerar que os seus níveis de stress a estão a impedir de ovular.
  • Medicação. Alguns medicamentos podem afetar a ovulação, incluindo a contraceção.  Verifique sempre qualquer medicamento que esteja a tomar.

4.
Quais são os sintomas da anovulação?

Muitas mulheres podem ter um ciclo anovulatório e nem reparar. A anovulação em si não tem nenhum sintoma.  Pode ser mais fácil procurar sinais de que está a ovular.

5.
Quais são os sinais de que está a ovular?

Se reparar nos sinais normais de ovulação, é provável que esteja a ovular. Estes incluem:

  • A libertação da hormona LH. Um teste de ovulação deteta se ocorreu uma libertação da hormona luteínica (LH). Isto acontece 12 a 24 horas antes de ovular. No entanto, se tiver SOP, poderá ter resultados erróneos se usar um teste de ovulação devido a elevados níveis de LH ao longo do ciclo. É por isso que não se recomenda a utilização de testes de ovulação se tiver sido diagnosticada com SOP.  
  • Menstruações regulares. Se estiver a ovular, é provável que tenha um ciclo menstrual relativamente previsível, que ocorre a cada 24 a 32 dias. A ausência de menstruações ou ciclos muito longos (mais de 40 dias) ou curtos (menos de 20 dias) podem ser um sinal de que pode não estar a ovular. No entanto, a anovulação é possível mesmo que as suas menstruações tenham uma duração normal e sejam regulares.
  • Mudança na temperatura basal do corpo. A temperatura do corpo em descanso aumenta ligeiramente após a ovulação. No entanto, muitos outros fatores podem causar um aumento na temperatura corporal, pelo que esta medida não é muito precisa.
  • Alterações nas secreções vaginais. Mesmo antes de ovular, pode notar secreções vaginais mais claras, húmidas e elásticas. Depois de ovular, pode notar que o muco cervical se torna mais espesso, turvo e não tão percetível. O controlo do muco cervical é difícil e requer orientação especializada, pelo que pode ser difícil confirmar a ovulação através deste método. Também é importante observar que alterações no corrimento vaginal podem ser um sinal de infeção; portanto, se for anormal, consulte o seu médico.
     

6.
Qual é o grau de frequência da anovulação?

A anovulação é bastante comum e afeta 1 em cada 10 mulheres2. Embora mulheres saudáveis possam ter um ciclo anovulatório, as hipóteses de isso acontecer também vão depender da idade e do peso corporal. 

7.
Que tratamento existe para a anovulação?

O ciclo anovulatório ocasional é bastante comum e não é motivo de preocupação. No entanto, se considerar que está a ter anovulações com maior regularidade, fale com o seu médico. Por vezes, a anovulação crónica pode ser resolvida com mudanças no estilo de vida, como perda ou ganho de peso, ou reduzindo o exercício intenso.

8.
Posso engravidar com a anovulação?

Os distúrbios da ovulação, como a anovulação crónica ou ovulação com pouca frequência, afetam 1 em cada 4 casais que sofrem de infertilidade1. Só pode engravidar se libertar um óvulo, pelo que não vai engravidar durante um ciclo anovulatório.


  1. Broekmans, FJ et al. BJOG: An International Journal of Obstetrics & Gynaecology 113.10 (2006): 1210-17
  2. Hambridge HL et al. Human Reproduction. (2013) 28: 1687-1694.
  3. https://www.mayoclinic.org/diseases-conditions/female-infertility/symptoms-causes/syc-20354308, atualização a 27 de julho de 2019